Dentro do conjunto de ações dos apoios do pelo TCE, está prevista a participação de técnicos daquele Tribunal para promover formação a gestores inscritos na Cirsol.

A I Conferência Internacional de Resíduos Sólidos promovida pelo Governo de Pernambuco através da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, e correalizada por mais 16 instituições, debaterão durante três dias, 16 à 18 de Março, na área central do Recife, sobre Gestão de Resíduos Sólidos e seus impactos nas mudanças climáticas. Com este apoio anunciado pelo Tribunal de Contas do Estado ao Secretário de Meio Ambiente José Bertotti, na manhã desta terça-feira, 15, vem fortalecer a organização  deste evento que deve deixar um importante legado rumo a um planeta mais sustentável.

“Saí da reunião do TCE bem satisfeito. Confirmamos a participação do Presidente do Tribunal de Contas Ranilson Ramos, na abertura da Cirsol. Garantimos a participação de técnicos e conselheiros do núcleo de gestão de resíduos sólidos, para realizar um curso para os gestores participantes da Conferência e ainda firmamos uma pareceria para a utilização da praça que tem ao lado do prédio do TCE para apresentações culturais, proporcionando uma maior interação do público no evento e tornando mais participativa a conferência. Então, este apoio vem reforçar nosso evento que já nasce grande,” avaliou Bertotti.

A Cirsol será um marco no estímulo do debate sobre a destinação adequada dos resíduos sólidos no Estado e deve impulsionar ações que resultarão no cumprimento dos compromissos assumidos com a Agenda 2030 da ONU, que é o plano de ação global reunindo 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas, criados para erradicar a pobreza e promover vida digna a todos, dentro das condições que o nosso planeta oferece e sem comprometer a qualidade de vida das próximas gerações.

Participaram ainda deste encontro, a presidente do Instituto de Cooperação Internacional para Meio Ambiente (ICIMA), Ana Paula Rodrigues e o Conselheiro do TCE Carlos Neves.

Foto: Lu Rocha