Semas debate iniciativas ambientais junto com a COMAGSUL e a Prefeitura de Altinho

Secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti, visitou o aterro sanitário gerido pela COMAGSUL e cumpriu agendas administrativas em Altinho

Em viagem pelo interior do Estado, o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti, debateu, nesta quarta-feira (18), uma série de iniciativas ambientais junto à Prefeitura de Altinho e ao COMAGSUL – Consórcio de Municípios do Agreste e da Mata Sul do Estado. Bertotti se reuniu com o presidente do COMAGSUL e prefeito de Altinho, Orlando Jorge; e com o secretário de Educação de Altinho, Ricardo Cícero, na sede do consórcio, em Agrestina. O gestor estadual ainda visitou o aterro sanitário gerido pela instituição e cumpriu agendas administrativas no município de Altinho.

No encontro com os representantes do consórcio, a ampliação do número de municípios aptos a fazerem o licenciamento ambiental foi uma das pautas abordadas. Atualmente, a resolução nº 01/2018 do Consema (Conselho Estadual de Meio Ambiente), que define as regras dessa atividade, passa por um processo de melhoria, visando a maior adesão das prefeituras e proteção dos recursos naturais do estado. “Ficou acertado que vamos participar de uma reunião com todos os integrantes do consórcio, que hoje reúne 22 municípios, para tratar sobre o licenciamento ambiental local. O objetivo é fortalecer o Sistema Estadual de Meio Ambiente”, disse José Bertotti.

O secretário também visitou as instalações do Aterro Sanitário da COMAGSUL. Considerado um exemplo, ele está em fase de expansão e implantação de um centro de separação de resíduos sólido, que garantirá o melhor aproveitamento do material reciclável e o aumento da vida útil do equipamento. Hoje, ele é o destino ambientalmente correto para o lixo produzido pela população dos municípios que fazem parte do consórcio. O material chega em caminhões, é pesado, despejado, compactado por máquinas e coberto em uma área preparada, cujo chão foi impermeabilizado para evitar a contaminação do subsolo pelo chorume.

“Visitamos a área atual do aterro e aquela dedicada à sua expansão. Vimos que os equipamentos para a triagem de resíduos estão sendo implantados. Essa atividade contará com o apoio de uma cooperativa de catadores, inclusive a COMAGSUL já está doando os Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) para quem vai trabalhar ali. Importante ver iniciativas como essa avançarem, do ponto de vista ambiental e social”, afirmou o Bertotti. Em Pernambuco, os municípios que fazem a gestão adequada do lixo recebem um incentivo do governo: o ICMS sócioambiental.

Agenda – Já no município de Altinho, o chefe da pasta ambiental do Estado percorreu, ao lado dos gestores municipais, vários equipamentos. Esteve numa ponte sobre o Rio Una, na Creche Nina Lemos e em uma escola pública. Durante as visitas, foram tratadas iniciativas para a revitalização da Bacia do Rio Una, reflorestamento, recuperação de margens, captação de água, implantação de hortas e coleta seletiva nas unidades de educação municipal.

Por fim, o secretário se encontrou com representantes da câmara de vereadores, que passa por mudanças no seu regimento interno e deve ganhar uma Comissão dedicada ao Meio Ambiente. “Foi uma agenda importante. Debatemos algumas parcerias e o apoio a iniciativas do município. Vimos também uma sintonia entre a Câmara de Vereadores e Prefeitura no que diz respeito à preocupação com o meio ambiente”, finalizou o secretário.