Antes, a CEODS era coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Um decreto será publicado para a efetivação dessa transição

Na manhã desta terça-feira (03/05), representantes do Governo de Pernambuco e da sociedade civil estiveram reunidos para acertar os últimos detalhes do decreto que efetivará a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco como responsável pela coordenação da Comissão Estadual para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A CEODS já foi coordenada pela Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão e desde 2020 vinha sendo conduzida pela Secretaria de Defesa Social, Criança e Juventude. Além da reestruturação na coordenação da comissão, na reunião também foi apresentada uma proposta de revisão do plano de ação dos ODS para o ano de 2022 em Pernambuco, levando em consideração o que já foi tratado pela comissão anteriormente nos seis eixos de atuação: territorialização, governança, mobilização e comunicação, monitoramento, integração e transversalidade.  

“A proposta da comissão é que a gente consiga atuar amplamente na implementação dos ODSs no estado e estimular essa implementação nos municípios pernambucanos. Para isto, nós estamos tratando de divulgar o guia de integração dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nos municípios das diversas regiões do estado e de orientar a realização de um diagnóstico da situação dos municípios em relação aos ODS. Acreditamos que essa é uma agenda que tem muita sinergia com aquilo que a gente vem trabalhando na política climática de Pernambuco. Nós precisamos unir esforços para fazer com que os 17 objetivos do desenvolvimento sustentável sejam internalizados em todas as esferas do governo. A implementação desta agenda é dever das autoridades políticas e exige participação ativa da sociedade para garantir uma ação efetiva de combate à pobreza e de proteção ao planeta. Neste sentido,  apresentamos um plano de ação levando em conta o trabalho já elaborado, que seja factível a este momento e em sintonia com os avanços alcançados na ação climática de nosso Estado”, enfatiza Inamara Mélo, secretária estadual de Meio Ambiente. 

Pernambuco foi um dos estados brasileiros que assumiu o compromisso com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas. Trata-se de um plano de ação global que reúne 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas. O intuito é promover uma vida digna para os seres humanos no planeta sem comprometer o meio ambiente e as próximas gerações.

Foto: Rafael Buda/ Semas PE