A Unidade de Conservação possui 512 hectares de Mata Atlântica, atualmente protegida por agricultores familiares que cultivam orgânicos na região, e a partir de agora contará com o apoio da Semas na criação de um plano de manejo

O secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti, visitou, nessa quarta (23/03), a Mata de Ronda, uma das maiores reservas de Mata Atlântica de Pernambuco, com 512 hectares de remanescentes nativas do bioma. Ela está localizada no município de Pombos, a cerca de 60 quilômetros do Recife. A Mata de Ronda é uma das 89 Unidades de Conservação presentes no Estado. É lá que fica a nascente do rio Pirapama, que abastece grande parte da Região Metropolitana do Recife. A Mata de Ronda é protegida por agricultores assentados, que cultivam orgânicos na região, e agora contará com a parceria da Semas para garantir a sua conservação.

José Bertotti, João Ronda e Jairo Rubens na Mata de Ronda, na nascente do Pirapama

“A Mata de Ronda fica encravada no meio de um assentamento rural e é protegida porque os assentados resolveram manter a preservação desta área que coincide com uma vasta mata que é muito importante na produção de água. Por iniciativa dos agricultores assentados, a Prefeitura de Pombos criou essa unidade de conservação municipal e eu (como titular da Semas) me comprometi a apoiar a criação do plano de manejo com recursos da compensação ambiental, que é uma linha de financiamento que a CPRH deixa de fluxo contínuo, para que com o plano de manejo a gente possa desenvolver projetos de uso sustentável desta unidade de conservação que já tem um importante serviço ecossistêmico que é a produção de água”, conta José Bertotti.

Unidade de Conservação Mata de Ronda, em Pombos (PE)

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Pombos, Jairo Rubens, ficou grato e animado com a parceria da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco. “A gente sempre teve esse desejo de integrar a política ambiental a essa unidade de conservação que tem 512 hectares com espécies de Mata Atlântica. A gente tem aqui uma unidade integrada por trabalhadores da agricultura familiar, assentados da reforma agrária. Atualmente eles são responsáveis pela preservação desta unidade. Agora, com a parceria com o Estado, a gente tem muito a ganhar porque é um desejo antigo ampliar essa proteção, esse cuidado, mas também desenvolver ferramentas com o Estado que possam garantir a sustentabilidade, a geração de renda de forma agroecológica e sustentável”, enfatiza o secretário municipal Jairo Rubens.

EM POMBOS

Bertotti com as crianças na creche municipal onde será construída uma horta comunitária

Em passagem pela cidade de Pombos, o secretário José Bertotti também conheceu iniciativas socioambientais muito interessantes que estão acontecendo no município. Na Casa da Juventude, o secretário conferiu a apresentação do projeto “Adolescentes e Jovens: Transformando o Campo e a Cidade”, desenvolvido pela Prefeitura em parceria com o Grupo Giral, que trabalha com formação e capacitação de jovens para negócios inclusivos e sustentáveis. “É importante que os nossos jovens possam ver que a sustentabilidade qualifica os negócios, garante a conservação do meio ambiente, gera empregos mais qualificados”, destacou Bertotti. O secretário também visitou a organização Geração Futuro, que realiza um trabalho importante de atenção a crianças e adolescentes com atividades lúdicas, em contraturnos das escolas, relacionadas à conservação do meio ambiente e a conscientização de um novo modelo de desenvolvimento. Bertotti ainda visitou uma creche comunitária da região que está construindo uma horta comunitária. “Por meio do Programa Horta em Toda Parte da Semas, a gente se comprometeu a ajudar a creche com capacitação para construir a horta comunitária”, complementa.

Fotos: Pedro Caldas/Semas PE