Em reunião, na Semas, foi apresentada a política de agroecologia do município que visa se tornar a cidade da agroecologia, além de cidade das cachoeiras

O secretário José Bertotti recebeu na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas/PE), na última quinta-feira (10), o prefeito de São Benedito do Sul, Juninho Amorim, e o secretário municipal de Agroecologia da cidade, Roberto Mendes, juntamente com uma equipe da prefeitura do município. Na pauta, parcerias a serem construídas entre a Semas e a prefeitura nas áreas de agroecologia, destinação de resíduos sólidos e iniciativas agroflorestais.

“Foi bem importante a visita, pois trouxeram a proposta de uma política de agroecologia para o município, o primeiro a aprovar na Câmara de Vereadores esta iniciativa e a criar uma secretaria de Agroecologia, a primeira que a gente tem notícia. A partir desta agenda, já podemos começar a discutir como vamos colaborar nesta pauta da agroecologia, na preservação da natureza no município, com Unidades de Conservação, e também com a política de redução resíduos sólidos”, afirmou o secretário da Semas, José Bertotti.

De acordo com o Secretário de Agroecologia de São Benedito do Sul, Roberto Mendes, professor da organização social Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta), ideia é que o município da região da Mata Sul do estado passe a ser além da cidade das cachoeiras, a cidade da Agroecologia. Conforme o gestor, já vêm sendo implementadas várias ações de desenvolvimento sustentável neste sentido, entre elas a conservação de nascentes, o estimulo à agricultura e produção de sementes, além de um programa de pagamento de serviços ambientais. Conforme o gestor, já ocorre na região, feira de orgânicos, a estruturação de uma feira de animais e um trabalho com compostagem – para a redução da produção de lixo.

A Semas, juntamente com a Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH, vem desenvolvendo a política Lixo Zero, procurando estimular tanto o encerramento lixões em diversos municípios quanto a organização de cooperativas de catadores. São Benedito do Sul envia os resíduos da região para um aterro e procurou a Semas para desenvolver ações conjuntas com vistas a diminuir a quantidade de resíduos sólidos no município.

Foto: Pedro Caldas