O prêmio na categoria Gestão Ambiental foi entregue ao secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade em cerimônia realizada pela fundação Ipojuca no município de Sanharó

‌ A Associação Ambiental Fundação Ipojuca promoveu na última sexta-feira, 17, na Câmara Municipal de Sanharó, a entrega do I Prêmio Ambiental 2021- troféu Luiz Inácio da Silva, às pessoas que tiveram um atuação de destaque no meio ambiente em 2021. O titular da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas/PE), José Bertotti, recebeu a honraria na categoria Gestão Ambiental. Foram premiados ainda prefeitos de diversos municípios, empresários da região, parlamentares, o governador Paulo Câmara e o presidente da agência estadual de meio ambiente- CPRH, Djalma Paes. Além dos gestores municipais, vereadores e empresários, estiveram presentes na cerimônia, professores da Associação de Ensino Superior de Caruaru (Asces) e da Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (Fabeja).

Ao receber a honraria, o secretário José Bertotti dedicou o prêmio ao governo do estado e à sua equipe: “Quero dedicar este troféu a todos que fazem o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, a equipe da Semas, da CPRH, a equipe do Parque Estadual de Dois Irmãos, além da equipe de Fernando de Noronha, especialmente ao governador Paulo Câmara e à vice-governadora Luciana Santos, que são as pessoas que têm nos incentivado a botar pra frente essa agenda de desenvolvimento sustentável e proteção ao meio ambiente no estado’’.

Durante a cerimônia, Bertotti destacou ainda a visionária iniciativa do criador da Fundação Ipojuca, José Nilton dos Santos, conhecido como Nita, e o papel que a instituição vem desempenhando na mobilização e recuperação não só do Rio Ipojuca, mas das nascentes em diversas localidades. Conforme destacou o secretário, a parceria das gestões municipais com a Fundação proporcionou a implementação de diversas ações ambientais, a partir do assessoramento da Fundação às prefeituras no edital do Fundo Estadual de Meio Ambiente (FEMA) para a criação de viveiros municipais. E a maioria dos municípios teve seus projetos contemplados.

“Esse é um reconhecimento da nossa instituição para com nossos parceiros que junto conosco desenvolveram ações ambientais”, afirmou Joseriel Inácio, presidente da Fundação Ipojuca, que ao todo concedeu 50 prêmios para personalidades pernambucanas e de outros estados, nas categorias Educação Ambiental, Gestão Ambiental, Parlamentar Ambiental, Empreendedor Ambiental e Amigo do Meio ambiente

Fundada em 2011 por José Nilton dos Santos, conhecido como Nita, a Associação Ambiental Fundação Ipojuca trabalha com a preservação de nascentes, recuperação das matas ciliares, o desenvolvimento econômico e sustentável da comunidade ribeirinha, quilombola e indígena

Fotos: Pedro Caldas