Dando sequência à cooperação entre o governo de Pernambuco e o governo alemão, a secretária estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas-PE) Inamara Mélo, apresentou ao novo Cônsul da Alemanha para a região Nordeste, Johannes Bloos, as políticas públicas implantadas para o enfrentamento à crise climática. No encontro, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (26), no gabinete da Semas, foi feita a apresentação dos principais instrumentos de planejamento climático e a exibição de um mapa de Pernambuco destacando os 101 municípios beneficiados por projetos ou ações de enfrentamento às mudanças do clima. 

O Ministério de Meio Ambiente da Alemanha, junto com a União Europeia, tem sido parceiro da agenda ambiental de Pernambuco, com destaque para a realização do Plano de Descarbonização. Com a contratação de consultorias e oferecimento de apoio técnico, a parceria tem permitido ao Estado definir sua trajetória rumo ao carbono neutro, com metas de curto, médio e longo prazo. A política climática de Pernambuco também conta com um inventário das emissões de gases de efeito estufa com dados desagregados por município e mais recentemente o Estado passou a integrar o Starrs, projeto do Under2 Coalition que iniciou o monitoramento das emissões por imagens de satélites, numa metodologia inédita no mundo. 

Além de conhecer o planejamento e as perspectivas para a descarbonização da economia de Pernambuco, foram apresentadas ao Cônsul as ações de mitigação e adaptação aos efeitos do clima por meio de um mapa com os principais programas criados pela Semas.  Encontra-se em plena execução políticas como o Refloresta Pernambuco, que visa a regeneração e conservação ambiental de áreas degradadas e nascentes;  o Ambiente +, que promove educação ambiental para os alunos da rede pública estadual, através de uma plataforma digital; o UC Pernambuco, programa de fortalecimento, organização e participação popular na gestão das Unidades de Conservação; a  Caatinga Sustentável, que é um plano de manejo florestal da Caatinga para a segurança energética, alimentar e hídrica; além do Arte Educadores Ambientais, programa para promoção de educação ambiental, atuando nas Unidades de Conservação do Estado.

O Cônsul Johannes Bloos parabenizou a secretária Inamara pelas conquistas do Estado nos últimos quatro anos de gestão, demonstrando estar impressionado com o que viu. “Para a Alemanha é muito importante poder conversar com Pernambuco sobre importantes temas das relações bilaterais entre nossos países, como sustentabilidade, descarbonização e produção de hidrogênio verde”.

Inamara Mélo, ao apresentar o trabalho que vem sendo desenvolvido em Pernambuco, destacou que “as iniciativas de enfrentamento à crise climática tornaram Pernambuco um ator relevante no cenário mundial, com assento na direção de uma rede de governos subnacionais comprometidos com a neutralidade de carbono”.  De acordo com a secretária, também existe uma relação direta entre a segurança climática e a redução da desigualdade social: “A agenda climática exige políticas públicas para melhorar a vida das pessoas. Por isso, é também uma agenda de combate à fome e às desigualdades, o que amplia a importância desse trabalho e da geração de empregos verdes”, destacou Inamara.