O secretário José Bertotti afirmou no encontro que, buscar uma gestão adequada dos resíduos sólidos, tem sido um compromisso do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente.

Na iminência  de encerrar a utilização do lixão a céu aberto e iniciar o processo de remediação da área,  a prefeita de Glória do Goitá Adriana Paes, se reuniu com o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, na manhã desta quinta-feira, 02, para buscar apoio para a implantação do projeto de tratamento de resíduos sólidos urbanos, no âmbito do programa de erradicação dos lixões em Pernambuco.

Na ocasião, o secretário da Semas destacou a possibilidade de instalação de uma central de tratamento e separação de resíduos sólidos na região, dentro da política de coleta seletiva estabelecida pela gestão municipal em parceria com as cooperativas de catadores. “ É um compromisso que a Semas estabelece para que a coleta seletiva seja realizada de maneira adequada; na sequência, vamos firmar um convênio com a Prefeitura, para que o Governo do Estado possa apoiar a construção de um centro de tratamento de resíduos, com o município cedendo a área para que possamos executar uma política de coleta estruturada”, afirmou Bertotti.

“O município sozinho, muitas vezes, tem dificuldades de tocar algumas políticas e viemos aqui dialogar sobre o apoio do estado para essa questão ambiental do encerramento dos lixões e discutir outras possíveis parcerias”, explicou a prefeita Adriana Paes. De acordo com a Adriana, será implementado em Glória do Goitá o programa Glória Mais Verde, fruto de mais uma parceria com o Governo do Estado. A iniciativa consiste na coleta seletiva, por meio de contêineres colocados nas comunidades, além de treinamento com equipes de catadores e ações de educação ambiental.

Participaram da agenda a secretária executiva da Semas, Inamara Melo, o assessor especial da Semas, Edilson Silva, a titular da secretaria de Planejamento, Orçamento democrático, Meio Ambiente e habitação de Glória do Goitá, Joelma Faria, e a diretora de Planejamento de Meio Ambiente daquela cidade, Manuela Silva.

Foto: Pedro Caldas