O Grupo de Trabalho de Embargo Remoto, composto por servidores da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas-PE), e da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), criado através de decreto no início deste mês, já se reuniu, na tarde desta segunda-feira (10), com o objetivo de regulamentar o instrumento para acelerar o combate ao desmatamento no estado. 

Em consonância com a política de prevenção e combate ao desmatamento ilegal, a implantação deste Grupo de Trabalho (GT), é o resultado de um convênio entre o Consórcio Nordeste e o Projeto de Mapeamento Anual do Uso e Cobertura da Terra no Brasil (MapBiomas), que vem orientando e realizando diversas reuniões virtuais para apoiar as iniciativas do uso do Embargo Remoto nos estados de todo Brasil. 

A intenção da iniciativa é integrar os órgãos ambientais para fomentar a elaboração de um Guia de Boas Práticas da Autuação Remota. Sempre colocando no horizonte a redução do desmatamento em nossos territórios. O GT terá um prazo máximo de 30 dias para concluir os seus trabalhos. Já os embargos e autos por ações de desmatamento serão encaminhados a partir dos relatórios do MapBiomas por autuação remota ou publicação em Diário Oficial.