O Plano de Descarbonização de Pernambuco (PDPE) é uma estratégia para alcançar a neutralidade das emissões de Gases de Efeito estufa (GEE) em 2050, apontando metas, prazos e ações para mitigação das emissões no estado.

Acesse aqui o Plano de Descarbonização de Pernambuco (22/04/2022)

O Plano foi elaborado com o apoio técnico do projeto SPIPA (Parcerias Estratégicas para a Implementação do Acordo de Paris, na sigla em inglês), iniciativa da União Europeia e do Ministério de Meio Ambiente da Alemanha, com o acompanhamento e participação do Fórum Pernambucano de Mudança do Clima.

Os resultados da trajetória para o cenário de descarbonização indicam uma redução das emissões de GEE em Pernambuco de 15% em 2025 e 32% em 2035, em relação às emissões projetadas para esses anos no cenário linha de base. Em 2050, será alcançada a neutralidade climática com a implementação de diferentes ações, tais como acabar com o desmatamento restaurando a vegetação nativa; produzir biocombustíveis para modais de transporte de difícil descarbonização; eletrificar veículos leves; expandir a geração elétrica renovável; capturar biogás de aterros sanitários. Tais ações serão responsáveis por evitar 75% das emissões projetadas para 2050, e os 25% de emissões restantes serão compensados com a remoção do carbono da atmosfera, a partir da implementação da bioenergia com captura de CO2 (BECCS).

O Plano traz 12 medidas divididas entre os eixos de Energia & Indústria, Transporte, Resíduos e AFOLU (agricultura, floresta e mudança do uso do solo). Para cada medida foram estabelecidas metas de curto, médio e longo prazo, além de ações para sua implementação.

Conheça o Plano de Descarbonização de Pernambuco


OUTROS ARQUIVOS DE DIVULGAÇÃO E RELATÓRIOS DO PLANO

Acesse os links e conheça algumas das nossas ações:

https://www.youtube.com/watch?v=MP9FBvpmJNs

Relatórios para o Plano de Descarbonização