O PEDI promoveu uma dinâmica de reflexão sobre os desafios das mulheres para um mundo mais sustentável e a luta por igualdade de gênero, que contou com a participação de toda a equipe, do secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti, e da Secretária Executiva de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, Inamara Mélo

“Igualdade de gênero hoje para um amanhã sustentável”. Esse foi o nome da dinâmica de reflexão promovida hoje, 08 de março, Dia Internacional das Mulheres, no Parque Estadual Dois Irmãos (PEDI). O evento reuniu funcionárias e funcionários do parque e contou com a participação do secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti, e da Secretária Executiva de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, Inamara Mélo. O objetivo da dinâmica foi proporcionar uma reflexão sobre a trajetória de conquistas das mulheres ao longo dos anos, a luta pela igualdade de gênero e a importância do papel da mulher na construção de um futuro sustentável.

Shirley Pacheco, gerente geral do Parque Estadual Dois Irmãos

“Decidimos fazer um evento envolvendo todo o corpo técnico do parque, homens e mulheres, porque temos como norte a emancipação humana, no sentido de que todos somos interdependentes como pessoas e na nossa relação com a natureza. É fundamental que se reconheça essa interdependência e que se reconheça também o papel da mulher na liderança de tarefas em todos os níveis, seja na vida política, na economia e na defesa do meio ambiente. As mulheres são sim grandes construtoras desse novo futuro, do futuro mais sustentável. Aqui no parque temos várias mulheres, e com posição de liderança, que exercem atividades primordiais em defesa do meio ambiente, seja na segurança das nossas unidades de conservação, seja em atividades de conservação da Biodiversidade, da flora, da fauna, e em ações administrativas”, ressalta Shirley Pacheco, gerente geral do Parque Estadual Dois Irmãos

Equipe do PEDI reunida para refletir sobre o Dia Internacional das Mulheres

O  secretário de Meio Ambiente de Pernambuco, José Bertotti, participou da dinâmica e ressaltou a importância da união de homens e mulheres na luta pela igualdade de gênero e sustentabilidade: “Essa não é uma luta só das mulheres, é uma luta para avançar numa sociedade que garanta direitos e deveres iguais para homens e mulheres e acabe com essa exploração que de fato existe em função do machismo estrutural ainda presente em sociedades que, mesmo com o passar dos anos, continuam tratando homens diferente das mulheres. Por isso a importância dessa reflexão no ambiente de trabalho, que nos una para fazer com que a gente construa uma sociedade mais igualitária e justa, e sem isso não alcançaremos o desenvolvimento sustentável”.

Fotos: Lu Rocha/Semas PE