A soltura de dois filhotes de  jacarés-de-papo-amarelo faz parte de um projeto de parceria entre UFRPE e o Parque de Dois Irmãos, que visa estudar e monitorar a espécie na natureza

O Parque Estadual de Dois Irmãos, equipamento administrado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas), em parceria com o Espaço Ciência e o Laboratório Interdisciplinar de Anfíbios e Répteis – Liar, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) realizaram, durante a manhã desta sexta-feira (22), a soltura de filhotes de Jacaré-de-papo-amarelo chipados (Caiman latirostris). A ação fez parte da programação em comemoração a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que conta ainda com a vivência com anfíbios e répteis taxidermizados (empalhados) compondo uma exposição que se estenderá até domingo (24) no parque. A soltura dos jacarés foi transmitida em uma live pelas redes sociais do parque.

A coordenadora do projeto e pesquisadora da UFRPE, Jozélia Correia, ressalta que a iniciativa visa entender melhor o desenvolvimento destes animais e se a população destes indivíduos está estável, em declínio ou em tendência de crescimento. Segundo a professora, o Liar objetiva também fazer análises da qualidade ambiental a partir do estudo dos jacarés que são bioindicadores da qualidade ambiental

“Os animais são marcados, medidos e soltos na área do parque para que a gente possa fazer o acompanhamento e monitoramento destas espécies. Compreender se população destes indivíduos está estável em declínio ou em tendência de crescimento. E a área do parque tem um conjunto de 4 corpos hídricos extremamente importantes, até para ao abastecimento de nossa cidade e existe a presença destes animais nestes corpos d´água naturais e a gente pode, também, a partir desses animais, por meio de amostras de tecido, de sangue e de escamas avaliar a qualidade do meio ambiente pois eles são bioindicadores da qualidade ambiental”, explica a professora Jozélia.

“Estes animais foram crescendo, se desenvolvendo aqui e também sendo estudados. Eles já estão na idade adequada para serem soltos na natureza e, partir de então, serem acompanhados”, afirmou Ivson Lima, biólogo do zoológico que apresentou a live para os internautas e seguidores das redes do parque.

Serviço:
Funcionamento: de quarta a domingo, exceto feriados.
Horário: das 9h às 15h, com venda de ingressos até às 14h30.
Ingressos (3 mil unidades/dia): Entrada inteira – R$ 5,00 | Meia-entrada: R$ 2,50. O acesso é gratuito para crianças com até 5 (cinco) anos de idade ou até 1 (um) metro de altura.