Crianças correndo, famílias fazendo piqueniques e muitas pessoas interagindo com os animais. Esse foi o clima do reencontro do público com o Parque Estadual de Dois Irmãos, nesta quarta-feira (13), primeiro dia em que o equipamento voltou a receber visitantes, após um ano e meio fechado por conta da pandemia da Covid-19. Mesmo com o horário mais curto de funcionamento (das 9h às 15h) e limitação no número de ingressos, os pernambucanos atenderam ao chamado do espaço. Cerca de 1.500 pessoas compareceram ao local e desfrutaram de um dia mais próximo da natureza.

“Foi muito importante conseguir promover o reencontro do público com esse patrimônio natural do estado e principalmente com a educação ambiental, função essencial que cumpre o zoológico abrigado aqui no parque. Nesta nova etapa, as pessoas vão poder ter mais contato com os animais da Mata Atlântica e da Caatinga. Seguindo o Plano Diretor do zoológico, recebemos mais de 20 novos exemplares da fauna nativa. São espécies que os visitantes poderão conhecer e compreender toda a riqueza da nossa biodiversidade”, afirmou o secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti.

Eufóricas e ávidas por ver os animais, as crianças tomaram conta das alamedas, do parque e dos gramados. Muitas famílias fizeram piquenique e deixaram a garotada se divertir à vontade. Frequentadora assídua do parque, a comerciante Creuza Maria Pereira, de 42 anos, foi uma das primeiras a chegar no equipamento e estava acompanhada das filhas e dos netos. “Gostava muito vir aqui porque a gente fica mais perto da natureza. É muito bom sentir essa sensação”, disse Creuza. “É ótimo ter esse espaço para as crianças brincarem, poderem se divertir e conhecerem melhor a natureza e os animais”, completou Líbia Micaely, que trouxe os filhos Abnego Gomes, 8 anos; Rute Vitória, 6 anos, e o pequeno Jonas, de 9 meses.

“A gente já estava querendo vir há muito tempo. Achamos que é muito importante ter esse contato, de novo, com o meio ambiente. E é um espaço muito bom para criança e pra gente também, poder passear em toda essa área aberta e conhecer melhor os animais”, destacou o nutricionista Carlos Carreteiro, pai de Mateus, de 1 ano 8 meses, que nasceu durante a pandemia. Ele estava acompanhado pela fisioterapeuta Isabele Carreteiro que ressaltou se sentir mais segura em levar o filho Matheus para lugares abertos.

Nessa primeira fase, o público pode visitar o equipamento desde a entrada até o açude. Ao passear pelas alamedas, encontra novos e antigos moradores nas áreas das aves, dos répteis (jacarés, iguanas, etc), serpentário e pequenos mamíferos (jaguatirica, tamanduá-bandeira, guaxinim, furão e mais). Com o novo propósito do zoológico em focar suas ações conservacionistas na fauna nativa, o público passa a se deparar com mais animais originários da Caatinga e da Mata Atlântica na área de exposição. Ao todo, o zoo ganhou cerca de 30 novos animais.

As famílias podem desfrutar do parque infantil localizado às margens do Açude de Dois Irmãos e de várias áreas de contemplação. Quem for ao parque deve levar lanche e água, pois não há comércio dentro do equipamento. Para acessar as dependências do parque, é obrigatório o uso de máscaras, assim como manter o distanciamento durante o passeio. Placas informativas do protocolo de segurança e totens com álcool em gel foram colocados ao longo do parque para reforçar a mensagem sobre os cuidados necessários para evitar a disseminação da Covid-19.

Dentro do processo de reabertura, o Parque de Dois Irmãos funciona em horário especial, recebendo o público de quarta a domingo, sempre das 9h às 15h. O visitante precisa ficar atento, pois a venda de ingressos encerrará uma hora antes do fechamento, ou seja, às 14h. Ainda será possível agendar trilhas pela mata para conhecer a exuberância da natureza em uma das mais antigas e preservadas Unidades de Conservação do Estado.

 

Serviço

Parque Estadual de Dois Irmãos
Reabertura: a partir desta quarta-feira, 13 de outubro
Funcionamento: de quarta a domingo, das 9h às 15h, exceto feriados. Venda de ingressos até as 14h.

Ingressos:
Entrada inteira – R$ 5,00 | Meia-entrada: R$ 2,50 | Trilha (agendada) – R$ 5,00