laboratório de análise de água em ritmo acelerado

A nova unidade possibilitará ampliar o trabalho de análises de monitoramento da qualidade das águas dos rios, praias e reservatórios do Estado

As obras do laboratório professor Adaucto da Silva Teixeira, da Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH, no bairro de Dois Irmãos, estão em ritmo acelerado. Iniciadas em outubro, o empreendimento conta com mais de 25% das obras e de fundação executadas. Foram feitas a concretagem do piso térreo e parte de sustentação para a colocação das vigas e concretagem da laje do primeiro andar. A previsão é que essa fase esteja concluída até a próxima segunda-feira (21/12). Em seguida, será iniciada a parte de alvenaria no piso térreo.

Assim que concluída essa etapa, será a vez de executar a estrutura da segunda laje. “A nova fase terá maior dinamismo na execução do que as etapas anteriores da obra. E, logo vamos partir para a parte urbanística de acesso do prédio, visando otimizar a mão de obra”, detalha o diretor de Controle de Fontes Poluidoras da CPRH, Eduardo Elvino.

O novo laboratório deve ser concluído em junho do próximo ano. Ele recebe um investimento total de R$ 3,6 milhões, recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Quando estiver pronto, o laboratório irá beneficiar o Estado, com análises de monitoramento e fiscalização ambiental das águas dos rios, praias (balneabilidade) e reservatórios.

ESTRUTURA

O novo prédio está sendo construído num terreno cedido pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), na Praça Farias Neves. Ele contará com uma área de 975 m2, divididos em dois pavimentos. Ali, estão projetados 42 ambientes, entre salas administrativas (recepção, estar, sala de reuniões, gerências), setores de amostragem, de biologia (laboratórios de microbiologia e hidrobiologia) e de físico-química.

 

Foto: Divulgação/CPRH