O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, acompanhou o anúncio destes investimentos que serão executados em reflorestamento, preservação de nascentes e tratamento de resíduos sólidos.

Glasgow – O Secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade José Bertotti ressaltou a importância do anúncio feito pelo Governador Paulo Câmara, neste domingo, 07, na COP26, de um pacote de ações ambientais na ordem de R$ 75 milhões, que serão destinados ao reflorestamento, preservação de mil nascentes de rios e no tratamento de resíduos sólidos de 43 municípios. Essas novas medidas irão beneficiar a Área de Preservação Ambiental- APA Aldeia-Beberibe, a sustentabilidade de sete bacias hidrográficas como a do Capibaribe e do Pajeú, remediação de lixões e tratamento de resíduos em 43 municípios do interior .

“Pernambuco parte na frente quando realiza uma robusta política climática, conta com o seu inventário de emissão de gases de efeito estufa e constrói o Plano de Descarbonização. Também quando busca investimentos para a geração de energia limpa e para garantir uma economia sustentável para o Estado. Estes recursos coroam o nosso esforço em agir pelo Meio Ambiente e chegam em boa hora, para fortalecer nossos programas de combate à desertificação e de resgate de nossos rios e florestas. Meio ambiente e qualidade de vida tem sido prioridade para o governo Paulo Câmara”, afirmou o secretário estadual.

Segundo Bertotti, os recursos serão empregados nos seguintes projetos: R$ 12,5 milhões na recuperação de bacias hidrográficas em 1000 nascentes de 50 municípios. A implantação do corredor ecológico da APA Aldeia-Beberibe vai mobilizar R$ 48 milhões. Por fim, R$ 15 milhões no tratamento de resíduos sólidos, com instalação de galpões para separação do material reciclável e remediação em 43 municípios que não possuem aterros sanitários.