Gestores municipais de meio ambiente de 56 cidades pernambucanas participaram, nesta terça-feira (21), de um encontro idealizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas-PE). No evento, realizado no Parque Estadual de Dois Irmãos (PEDI), foram discutidas a implementação, a partir da interiorização e territorialização, da Agenda 2030 e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), ambos criados pela Organização das Nações Unidas (ONU) em prol do meio ambiente e da sustentabilidade em todo o mundo.

Contando com mais de 100 gestores municipais, o encontro foi oficialmente aberto pelo Secretário Executivo da Semas, Edilson Silva, que estava representando a Secretária Inamara Mélo. Edilson mencionou a alegria de participar de um evento cujo grande princípio é a construção coletiva e colaborativa. Além disso, citou os planos e metas da secretaria estadual quanto à efetivação das políticas públicas ambientais, citando especificamente o “Pernambuco Carbono Neutro”, que é o plano de descarbonização de Pernambuco até 2050 e que está coadunado com as metas da ONU.  “Nós vamos neutralizar carbono na nossa sociedade para que a gente possa diminuir os impactos e mitigar aquilo que for possível, para que a gente deixe para as gerações futuras uma sociedade verdadeiramente sustentável e saudável”, defendeu o secretário executivo.

A iniciativa de realizar uma reunião conjunta entre os gestores estaduais e municipais partiu do entendimento mútuo de que é preciso garantir que todos os municípios façam parte e pratiquem a política climática mundial, assim como possam debater acerca da governança ambiental e do licenciamento, bem como da definição de estratégias para que haja avanços no estabelecimento de áreas protegidas e na recuperação de áreas degradadas.

Rafael Buda, Gerente de Articulação Socioambiental da Semas, falou sobre a relevância do encontro na consolidação das políticas públicas ambientais aqui em Pernambuco e também no fortalecimento do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SISEMAS). O gerente destacou, ainda, a importância dos municípios criarem a sua própria governança ambiental para que haja articulação e unidade ao longo de todo o estado. “Importante que os municípios possam criar sua governança ambiental, sua secretaria própria, seu conselho, seu fundo financeiro, e com isso consigam implementar as políticas, programas e projetos de forma mais linear ao longo do estado, atingindo as metas e objetivos que Pernambuco assumiu e vem avançando”, explicou.

Durante o evento aconteceram palestras e debates entre os gestores. Juliana Cesar, Assessora de Projetos da ONG Gestos, apresentou o VI Relatório Luz, sobre a implementação da Agenda 2030 no Brasil, acompanhando os estágios de cumprimento de cada um dos objetivos. Samanta Della Bella, Superintendente de Sustentabilidade e Clima da Semas, e Keila Ferreira, Coordenadora de Resiliência da rede de Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI) na América do Sul, fizeram indicações aos gestores sobre o cenário climático e ambiental em Pernambuco e da necessidade de estabelecer responsabilidade compartilhada entre os entes federativos para que os objetivos da Agenda 2030 e dos ODS sejam efetivamente cumpridos.

O município de Passira, no semiárido pernambucano, foi representado no encontro pelo Diretor de Meio Ambiente da Secretaria de Agricultura, Ricardo Sérgio. O gestor, cujo município ainda não possui uma secretaria de meio ambiente, afirmou que o evento foi muito importante para a congregação de informações sobre a implementação das políticas públicas ambientais em nível estadual. “A importância desse evento é juntar todas informações e todos os desafios dos gestores ambientais. Vemos que o desafio de um, muitas vezes é o desafio dos outros, e é importante saber como agir, qual o papel dos governos nisso e como conseguiremos sanar esses desafios”, justificou.

A iniciativa da Semas em promover o encontro entre os gestores foi elogiada pelos presentes. Izabel Gonçalves, da Secretaria de Meio Ambiente de Lagoa do Carro, na Zona da Mata pernambucana, ressaltou a satisfação em participar da reunião. “Gostaria de agradecer pelo convite e dizer da grande importância dessa reunião. Na minha cidade foi criada a Gerência de Meio Ambiente e Sustentabilidade e nós temos tido um acompanhamento muito bom das nossas ações por toda a equipe da Semas. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) são um compromisso muito sério. Agradeço muito a Semas pela parceria”, concluiu a gestora.

Fotos: Allan Canuto