A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) realizam consulta pública para debater a criação da primeira Reserva Extrativista do estado. A partir de uma demanda da comunidade pesqueira do litoral sul pernambucano, iremos debater a criação da Reserva Extrativista (Resex) do Rio Formoso, que abrange os municípios de Sirinhaém, Rio Formoso e Tamandaré.

Por isso, convocamos a comunidade local, pescadores, órgãos públicos, iniciativa privada, ONG`s, pesquisadores e demais interessados, para participarem da consulta pública marcada para o próximo dia 23 de agosto, às 9h30, no Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste (CEPENE), em Tamandaré.

Lembramos que uma Reserva Extrativista é um espaço territorial que objetiva proteger as características de vida e culturais de populações tradicionais que vivem do extrativismo, sem deixar de garantir a sustentabilidade na utilização dos recursos naturais. A área onde será demarcada a Resex do Rio Formoso é composta por 2.242,10 hectares de manguezal, numa localidade onde 2.355 pessoas vivem da pesca artesanal.

As sugestões recebidas durante a consulta pública vão ajudar na complementação da proposta técnica de criação da Reserva Extrativista do Rio Formoso que, em seguida, será levada à aprovação do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema/ PE).

Proposta Resex do Rio Formoso