Cetas Tangara reabilita 270 pássaros vítimas de maus-tratos 2

Aves foram apreendidas com homens que faziam o transporte clandestino delas no município de Sertânia

Mais de 270 pássaros resgatados estão em pleno processo de reabilitação no Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), unidade da Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH. São todas aves nativas do Sertão, que se recuperam sob os cuidados de uma equipe técnica especializada, composta por biólogos, veterinários e tratadores.

Cetas Tangara reabilita 270 pássaros vítimas de maus-tratos“Nesse processo, os animais estão recebendo alimentação o mais natural possível, a base de frutas e de grãos específicos das espécies, sempre considerando a questão da saúde, com acréscimo de suplemento vitamínico”, informou Yuri Valença, gestor do Cetas, adiantando que os pequenos devem voltar à natureza em breve, totalmente recuperados.

Esses animais foram apreendidos, no final de fevereiro, bastante debilitados com dois homens, no município de Sertânia, Sertão do Moxotó. Eles transportavam ilegalmente as aves em caixotes muito pequenos no porta-malas de um carro. Entre as espécies de pássaros, havia 243 azulões (Cyanoloxia brissonii); 24 trinca-ferros (Saltator similis) e 31 bigodes (Sporophila lineola). Desse total, 21 morreram em decorrência dos maus-tratos pelo transporte clandestino