Neste domingo(09), equipes da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e da Prefeitura de Tamandaré continuaram em operação educativa nas praias de Tamandaré e de Carneiros, no Litoral Sul

De acordo com o coordenadora em exercício de fiscalização ambiental da CPRH, Elba Borges, neste domingo, foram realizadas 50 abordagens a ambulantes que comercializavam de forma irregular nas praias. Os ambulantes receberam orientação para regularizar a situação.

As equipes também abordaram pessoas que transitavam com seus cachorros entre os banhistas e outra que estava oferecendo passeios de charrete puxada por um cavalo na areia da praia. Todos foram orientados sobre a proibição da circulação de animais na faixa de areia, determinada pela Lei Estadual n° 12.321/2003. Um ciclista, que circulava na areia, também foi orientado sobre a ilegalmente da atividade no local.

A CPRH abordou ainda os responsáveis por dois hotéis que estavam com mesas e cadeiras na área de restinga, o que também é proibido por lei. Os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais retiraram os equipamentos da restinga, como solicitou a equipe.

Um restaurante fiscalizado pela CPRH recebeu Auto de Intimação para requerer, no prazo de 15 dias, a licença ambiental e apresentar ao órgão ambiental o comprovante de limpeza da fossa séptica do estabelecimento.

A operação deste domingo integra as ações do projeto Bora Pernambucar – Praia, iniciada no último sábado (08), e está sendo realizada sob a coordenação da Secretaria Estadual de Turismo e Lazer, com a participação de profissionais das Secretarias Estaduais de Meio Ambiente e Sustentabilidade, de Saúde, da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Empetur, Secretaria de Defesa Social, através da Policia Militar, Capitania dos Portos, além dos servidores da Prefeitura de Tamandaré.